O papel do Brasil na questão migratória atual

: texto de redação usando a temática do ENEM 2012 (o movimento migratório para o Brasil no século XXI) , só que usando uma abordagem que fala da crise migratória que ocorre atualmente:


O papel do Brasil na questão migratória atual

O mundo vive hoje uma de suas maiores crises humanitárias: centenas de refugiados, oriundos da África e Ásia, fogem para outros continentes e países (principalmente a Europa) buscando condições adequadas de vida. Muitos dos países para os quais esses refugiados vão já afirmaram que não podem recebê-los. Indo na contra mão dessas nações, a presidente Dilma Rousseff, através de discurso proferido na sede da ONU em Nova Iorque, afirmou que o Brasil, mesmo não sendo umas das principais “rotas de fuga” desses refugiados, os receberá de braços abertos.

Políticos contrários a essa ideia, como o deputado federal Jair Bolsonaro, afirmam que o Brasil já teria problemas demais para serem resolvidos (como os casos de corrupção e a crise econômica), e que a vinda dessas pessoas só agravaria esses problemas e/ou criaria novos.

No entanto, o que esses políticos não lembram é que este país é uma nação cujos habitantes são, em sua maioria, descendentes de imigrantes e refugiados vindos de diversas partes do planeta durante os séculos XIX e XX. Logo, não permitir a entrada dessas pessoas aqui seria hipocrisia histórica.

Além disso, como já dizia o contratualista inglês John Locke, o homem tem o direito inalienável a vida, direito esse que consta na Declaração Universal dos Direitos Humanos, que foi assinada pelo Brasil na época de sua formulação. Então, acolher refugiados e garantir-lhes boas condições de vida é, antes de tudo, uma obrigação moral que o Brasil deve cumprir, mesmo estando em crise político-econômica.

Entende-se, assim, que receber essas pessoas é garantir dignidade humana para quem mais precisa dela no momento. E para que isso ocorra, é interessante a criação de campos de refugiados, para uma primeira recepção (como já ocorreu no Acre em 2012, quando grande número de imigrantes haitianos vieram para cá), e depois a inserção desses refugiados na sociedade brasileira, através de programas sociais, como, por exemplo, a ampliação dos benefícios do Bolsa Família para essa categoria de pessoas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: