Arquivo do autor:senabea

Leve

Tomo banho após acordar, a água gelada corrente sobre a pele transporta meu calor e acalma. Me visto e estou pronta para mais um longo dia, sinto meu corpo despertado; a cabeça, mais à frente, já se preocupa com as tarefas do dia e assim sinto o peso das horas que estão por vir. Na […]

Uma vez (re)conheci

Ando pelas ruas e passo indiferente aos outros. Desconheço todos ao passo que também me desconhecem. Barulho, trânsito, vermelho! Paro. Espero, verde, sigo… Um dia como qualquer outro, vejo tudo e nada… Até que olho em seus olhos, a feição é familiar, porém transformada pelo tempo está muito distinta daquela que uma vez conheci. Somente […]

Amor de ônibus

Era uma tarde de quarta-feira monótona e Lia estava no ponto de ônibus como todos os outros dias, no entanto, impaciente devido ao atraso incomum de 20 minutos, que a faria perder alguns minutos de aula na faculdade. Assim que o ônibus chega, ela entra e senta ao lado da janela, os bancos são logo […]

A automatização e seu efeito sobre nós

Diante de um cenário em que a produção e sua consequente acumulação de riquezas são gradativamente mais valorizadas, estimam-se os comportamentos em massa em detrimento da singularidade. Deste modo, preza-se pela automatização das ações mesmo que isso signifique agir repetitiva e inconscientemente. Percebi claramente tal condição há algumas semanas: ao comprar um novo celular e […]

Ler : ser ou parecer?

Observei em uma de minhas idas à biblioteca o quão diferente são as pessoas que a frequentam – se você ainda não visitou uma, por favor, o faça –, mas, dentre suas divergências de comportamento ou preferências literárias, possuem em comum o ato de ler (em público). Do tempo em que fico lá, uma parte reservo realmente […]

Destino

Espero, espero… Essa incerteza só me desespera… Sinto que devo buscar a verdade e descobrir se a faísca que sinto é a mesma em ti, ao passo que não quero me deparar com a verdade devastadora. Constantemente me surpreendo com o quanto me transformo com tão pouco. Com pouco, digo, simples e inesperado, isso é […]