Categoria Conto

A vontade popular

Senhores passageiros, a aeronave realizará uma aterrissagem não programada, permaneçam nos seus assentos até que a situação seja normalizada. Mantenham a calma e posicionem as máscaras de oxigênio sobre nariz e a boca. Poucas pessoas sabem, mas as máscaras de oxigênio na verdade tem hélio. É para as pessoas rirem com o coro de vozes […]

Máximas

Lucas estava sentado no colchão que tem na varanda de seu quarto. Já eram duas da manhã, nada pra fazer, pouco sono. Lucas pensou em algo que nunca tinha pensado antes. Eu não sei o que foi, e mesmo que soubesse, não poderia dizer, em pouco você entendera o por que. Foi uma daquelas coisas […]

Detergente, petelecos e amor

Stephanie, ofegante, corria atrás do gato. O Bolonhesa havia escapado do quarto dela e Steph tinha medo dele cair de cima da laje. Pobre gato! Seria mais uma vítima da gravidade! Stephanie se esforçava para impedir, mas o gato, mais magro e ágil, superava-a com facilidade. Não deu outra: Bolonhesa chegou primeiro na parte superior […]

Beleza clandestina

O sabonete caiu no chão do banheiro. Deslizou para perto da lata de lixo. Mateus suspirou longamente. Considerou chamar os pais. Mas não queria que o vissem nu. Decidiu pegar por si próprio. Desligou o chuveiro. Poderia demorar. Aproximou-se do lixo. Ajoelhou-se, uma coxa de cada vez. Agachou  poucos centímetros até a barriga encostar no […]

Meu Pornô na sua Chanchada

Marcia Metinimim estava só de avental naquela tarde solarosa e quente da Bahia. Sabe que faz bem pro corpo ficar assim, exposto? Não por coincidência que a pele fica visível. Que contraste daquela morena com o avental ensopado de lavar a louça do almoço. Não fugiu de comentar. Estou toda molhadinha. E sentiu saudades do […]

Do Acaso e Do Talvez

Gabriela é uma publicitária. Ela fez um comercial pra uma marca de carros e, nesse comercial, o personagem que aparece dirigindo o carro é de um desenho animado dos anos 90, que ela gostava muito. O conselho da marca gostou do comercial e o veiculou na TV. Gabriel esqueceu que não tinha sobra do almoço […]

Aurora entre meus dedos

Só o arranjo de post it`s no espelho da penteadeira rosa cálida e uma criteriosa seleção de rabiscos na janela embaçada do quarto informavam, no relento mudo e invernal, o grande evento. E se olhavam, os dois vidros, e se indagavam, os dois vidros, como nenhum deles, de funções tão divergentes, lhe foram, a Aurora, […]